sexta-feira, 4 de abril de 2008

E abriu o livro das obras....


Em 11 de agosto de 1999 esperava-se o fim do mundo por conta das profecias de Nostradamus nas Centúrias. E o fim do mundo não veio. As profecias do falso profeta foram a bancarrota. Que alívio...
Mas haverá sim, um grande e terrível dia, o dia mais terrível que já aconteceu à humanidade, mais terrível que a destruição de Sodoma e Gomorra, mais terrível ainda que a destruição de Roma, e muito, muito mais terrível que a destruição de Jerusalém. Mais terrível que a Segunda guerra mundial, onde Hitler sacrificou mais de seis milhões de judeus. Mais terrível que a bomba lançada sobre Hiroshima e Nagasaky, muito mais terrível que o ataque Terrorista às torres gêmeas em NY, comandado por Usama Byn Laden.
Não, não se trata de outra profecia de Nostradamus. Essa testemunha é fiel e verdadeira, seu nome é João.
Quando ele, João teve a visão, estava na ilha de Patmos. Ele descreveu: vi um Grande Trono Branco e o que nele estava assentado. Viu João também, grandes e pequenos, em pé, esperando o seu julgamento.
E por que grande? Porque grande é o Juiz, e que grande tribunal. Maior, incomparavelmente maior e mais poderoso que o de Luiz Ignacio, Presidente do Brasil, Maior que Bush – presidente do EUA, maior em gloria e poder do que Durão Barroso, Presidente da Comissão Européia.

Nesse grande e terrível dia, os mares, as profundezas apresentarão seus mortos ressuscitados: Ulisses, as vitimas do Titanic, do Kusch, Wilhelm Gustloff, entre 5.700 e 7.000, Goya com quase 7.000 soldados, Steuben , um navio alemão
afundado durante a Segunda Guerra Mundial, com cerca de 4,5 mil vítimas . As vitimas do Bateau Moche também serão devolvidas.
Todos comparecerão ao grande julgamento, não haverá álibi, habeas corpus, alvarás, nenhuma medida de escape será possível naquele terrível dia.
Então o grande Julgador abrirá o Livro das Obras. Quem estará lá?
Reis, Imperadores, Barrabás, Poncio Pilatos, Judas, Hitler, Idi Amin Dadá, Sadan Hussein, Jim Jones, Messalina, Mussoline, traficantes, seqüestradores, pedófilos e muitos que receberam Deus , mas os prazeres terrestres, o poder a fama, a honra desse mundo, os arrastaram para o lamaçal do pecado: os falsos profetas.
Nesse grande e terrível dia obra nenhuma ficará oculta – quem matou PC e Suzana, que foi feito da menina Madelleinne, quem seqüestrou Carlinhos, tudo será revelado.
Então se abrirá o Segundo Livro – O Livro da Vida – O Grande Julgador chamará os nomes dos inscritos, um a um. Após cerrará o Livro. Sem chance para aqueles que ficaram de fora da lista. Para esses é o fim...

Um comentário:

Akinogal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
 
DESAPARECIDOS: Clique aqui e coloque no seu Blog!