sábado, 28 de fevereiro de 2009

Non ridere, non lugere, neque detestari, sed intelligere



Não rir, não lamentar,
nem amaldiçoar, mas compreender.

(SPINOZA)




Encontro


Vou chegar tarde ao encontro marcado,
cabelos já grisalhos. Sim, suponho
ter-me agarrado à primavera, enquanto
via você subir de sonho em sonho.

Vou carregar esse amargo – por largo
tempo e muitos lugares, de penedos
a praças (como Ofélia – sem lámurias)
por corpos e almas – e sem medos!

A mim, digo que viva; à terra, gire
com sangue no bosque e sangue corrente,
mesmo que o rosto de Ofélia me espie
por entre as relvas de cada corrente,

e, amorosa sedenta, encha a boca
de lodo – oh, haste de luz no metal!
Não chega este amor à altura do seu
amor ... Então, enterre-me no céu!


Marina Tsvetáieva - (tradução de Décio Pignatari)


Planeta Água

Composição: Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos...

Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão...

Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...(2x)

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...(2x)


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Palace III - a ultima morada

MIGUEL TORGA


"Devo à paisagem as poucas alegrias que tive no mundo. Os homens só me deram tristezas. Ou eu nunca os entendi, ou eles nunca se entenderam. (...) A terra, com os seus vestidos e as suas pregas, essa foi sempre generosa. (...) Vivo a natureza integrado nela, de tal modo que chego a sentir-me, em certas ocasiões, pedra, orvalho, flor ou nevoeiro. Nenhum outro espectáculo me dá semelhante plenitude e cria no meu espírito um sentido tão acabado do perfeito e do eterno."

MIGUEL TORGA Diário II - 1943

DESASSOSSEGO

INTERVALO

http://1.bp.blogspot.com/_kEz7MoOXyx8/SUuulsuJNrI/AAAAAAAAAEc/7Y6MO9TrKyw/s320/MIRA00035241.jpg

Antefalhei a vida, porque nem sonhando-a ela me pareceu deleitosa.
Chegou até mim o cansaço dos sonhos... Tive ao senti-lo uma sensação externa e falsa, como a de ter chegado ao término de uma estrada infinita. Transbordei de mim não sei para onde, e aí fiquei estagnado e inutil. Sou qualquer coisa que fui. Não me encontro onde me sinto e se me procuro, não sei quem é que me procura. Um tédio a tudo amolece-me. Sinto-me expulso da minha alma.
Assisto a mim. Presenceio-me. as minhas sensações passam diante de não sei que olhar meu como coisas externas. Aborreço-me de mim em tudo. Todas as coisas são, até às suas raízes de mistério, da cor do meu aborrecimento.
Estavam já murchas as flores que as Horas me entregaram. A minha única acção possível é i-las desfolhando lentamente. E isso é tão complexo de envelhecimentos!
A mínima ação é-me dolorosa como uma heroicidade. O mais pequeno gesto pesa-me no ideá-lo, como se fora uma coisa que eu realmente pensasse em fazer.
Não aspiro a nada. Dói-me a vida. Estou mal onde estou e já mal onde penso em poder estar.
O ideal era não ter mais ação do que a ação falsa de um repuxo - subir para cair no mesmo sítio, brilho ao sol sem utilidade nenhuma a fazer som no silêncio da noite para que quem sonhe pense em rios no seu sonho e sorria esquecidamente.

trecho 182, Livro do Desassossego, Bernardo Soares


Gisele Bündchen e Tom Brady se casam em segredo!

Segundo sites internacionais, a união da top com o jogador aconteceu na Califórnia, com direito a igreja, véu e vestido Dolce e Gabbana

Do EGO, no Rio

Reprodução/Reprodução

Gisele Bündchen e Tom Brady (foto de arquivo)

A top Gisele Bündchen é uma mulher casada! Segundo sites internacionais, a modelo se casou com o jogador de futebol americano, Tom Brady, nesta quinta-feira, 26, em uma cerimônia secreta.

Convidados:

Segundo o site da revista People, a cerimônia aconteceu em uma igreja na cidade de Santa Monica na Califórnia por volta das 18h. Os pais do jogador e seu filho, de 1 ano, John Edward Thomas, estavam presentes.

Modelito:

De acordo com o site da revista Us Magazine, Gisele usava um vestido tomara-que-caia marfim da grife Dolce & Gabbana com véu até o chão, que trazia rosas de cetim presas e uma faixa em volta da cabeça. Ela entrou na igreja seguida por seus três cachorros que usavam coleiras da mesma marca do vestido da modelo. Depois da cerimônia religiosa, a festa aconteceu na casa do casal em Brentwood na Califórnia.

O casal:

Tom e Gisele namoram desde 2006 e ficaram noivos no mês passado. Diversos rumores sobre a possibilidade de uma cerimônia em março, de uma união na Cosa Rica ou no Brasil surgiram desde então, mas o casal conseguiu manter a discrição até a última hora, surpreendendo a todos com o casamento na Califórnia.


Reprodução /Reprodução

Igreja de St. Monica, onde foi realizada a cerimônia

A cerimônia católica foi realizada na Igreja de Santa Monica na cidade de mesmo nome. Há poucos metros da praia, a paróquia é frequentada por vários famosos. Entre eles, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, Brooke Shields e Martin Sheen

http://ego.globo.com/Gente/Noticias/



quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Evolucionismo e Redenção

http://2.bp.blogspot.com/_hPvtgOhuOC8/SY3Wmp1cv0I/AAAAAAAACio/9oC_fI9vYi8/s400/charles-darwin-8221.jpg

Comemoram-se os duzentos anos de Charles Darwin e de sua Teoria da Evolução das Espécies. Até ele, a criação era vista como algo fixo, sem mudança desde o 6º Dia da Criação.
Em momento algum, todavia, a Bíblia diz que o Pai já não cria e nem trabalha...
Ao contrário, Jesus disse: “Meu Pai trabalha até agora...”
Os cristãos querem um Deus que intervenha na vida, mas não querem um Deus que continue criando...
Sim! Querem um Deus de milagres para o homem, de criações novas para o homem; mas que não seja milagroso na criação.
E mais: fazem diferença entre Jesus curando e criando um olho em um cego de nascença e Jesus criando um órgão em um peixe no fundo do mar...
Assim, se são informados que animais estão ainda mudando e evoluindo, ganhando novos membros ou órgãos de adequação à vida, acham que isto seja blasfêmia.
Deus criou em Dias Eras de tempo e de não tempo.
Cada dia do Dia de Deus é feito de bilhões de anos humanos?... Por que não? Quem declarou tal impedimento?
Deus não sofre o tempo; posto que o tempo exista Nele.
Entretanto, se crê que o Deus dos crentes, o Criador, não tinha nada a fazer antes do homem.
Assim, agora, depois do homem, somente o homem interessa a Deus, pensam eles.
Deus, no entanto, assim como redime desde antes da fundação do mundo, também cria desde sempre; e assim como nunca deixou de redimir, também nunca deixou de criar.
O Gênesis diz Quem criou.
A ciência tenta dizer como foi criado.
Uma coisa é o Autor. Outra a Obra.
A fé lida com o Autor. A ciência lida com as Obras.
Qual é o problema?
Até no quintal de minha casa vejo as coisas mudando, se adaptando...
O Salmo 104 nos diz que tais Obras de Renovação da Natureza é trabalho do Espírito Santo, o qual, sendo enviado sobre a Terra, renova toda a criação... sempre.
Mas a pressa e a presunção do homem querem dizer quanto tempo Deus tem que ter levado para criar...
E mais:
A Bíblia não quer dizer como Deus criou. Apenas nos diz que Ele falou e assim se fez.
O Deus de Jesus criou, cria e continuará criando!...
Ora, o que é que existe entre o Gênesis e o Apocalipse senão Evolução?
Sim! O que existe entre o Jardim e a Cidade Santa senão evolução?
Evolução como evolução é; ou seja: cheia de “catástrofes”.
Entretanto, eu pergunto: E qual é o problema?
Darwin não é meu inimigo.
Celebro sua ousadia e fé.
Todavia, lamento que os crentes tenham endiabrado o homem, exceto os crentes ingleses, os quais, pela via de gente boa de Deus como C.S. Lewis e outros, logo entenderam que ali não havia conflito entre a Bíblia e a ciência.
Na América, porém, Darwin virou o diabo!
Ora, Darwin nunca esteve em briga com Deus. Apenas, como um homem de ciência, desejava entender a criação.
Mas a insegurança dos crentes, que tenta fazer da Bíblia um manual de “Ciências”, comete o crime de tornar anátema aquilo que não entende e nem tem cabeça isenta para refletir em paz a fim de compreender.
Ao fim da vida, tendo sido visto lendo a Bíblia por um crente que trabalhava no jardim onde estava meditando, Darwin ouviu o homem perguntar como ele lia a Bíblia se não cria nem na Bíblia e nem em Deus. Darwin assustou-se e disse: “Ah! Não! Eu creio tanto em Deus quanto na Bíblia. O que eu digo é uma teoria de como Deus criou, mas não uma negação de que Ele tenha criado”.
Muito assustará os crentes quando e se virem, no Reino de Deus, Charles Darwin, Einstein, Newton, Copérnico, entre outros... — enquanto muitos bispos estarão de fora...
Enquanto isto... o obscurantismo perdura.
Já imaginou se Deus está interessado na briga entre criacionistas e evolucionistas?
Ah, meus amigos, sem medo eu lhes digo que Ele não está.
Assisto documentários sobre a Evolução das Espécies e me deleito no amor de Deus!
Todavia, para mim, não há diferença se os 6 dias foram dias pequenos, mínimos de tempo ou se foram bilhões de dias e anos...
Entretanto, e se um Dia se tornasse um Dia apenas quando cada processo estivesse parcialmente concluído a fim de iniciar um outro...Dia?
Qual o problema?
Você está com pressa?
Não estou pedindo a sua opinião.
Apenas expresso a minha.
Afinal, quem pensa que cheguei aqui sem milhões de horas de oração e reflexão?
Nele, que trabalha até agora e continua criando sempre, ainda que não vejamos,

Caio Fábio


Desenhos feitos pelas crianças num campo de concentração nazista.



Ella Liebermann. 16 Anos.

ella_1

.

Ella Liebermann. 16 Anos .

ella_2


Terezin foi um campo de concentração instalado pelos nazistas em Praga. Chamado de “Sala de espera do inferno” foi parada de 150.000 judeus e mais de 15.000 crianças e pré-adolescentes com destino Auschwitz. Uma mulher - Friedl Dicker Brandeis- dedicou-se a ensinar clandestinamente, arte e pintura como terapia a muitos dessas crianças.
Antes de morrer, Friedl resgatou 4.500 desses desenhos que mais tarde serviram como prova em Nuremberg e que são testemunho indelével daquela barbarie.

Helga Weissova. 13 Anos. Desenho intitulado “Chegada a Terezín”. Helga ingressou no campo com apenas 12 anos. Levou consigo sua caixa de pinturas e seu caderno realizou mais de 100 desenhos. Helga foi uma das poucas sobreviventes do Holocausto. Helga e Ella se tornaram reputadíssimas artistas. Helga seguiu os passos da mestra e dedica-se a ensinar aos outros sobre o holocausto

.helga_4

.Helga Weissova. Último desenho de sua serie, realizado na saida de Terezín en 1945.

helga_6

A historia de Friedl Dicker e muitos desses desenhos podem ser encontrados no livro “Fireflies in the darke aquí.


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Mal secreto





Se a cólera que espuma, a dor que mora
N’alma, e destrói cada ilusão que nasce,
Tudo o que punge, tudo o que devora
O coração, no rosto se estampasse;


Se se pudesse o espírito que chora
Ver através da máscara da face,
Quanta gente, talvez, que inveja agora
Nos causa, então piedade nos causasse!


Quanta gente que ri, talvez, consigo
Guarda um atroz, recôndito inimigo,
Como invisível chaga cancerosa!


Quanta gente que ri, talvez existe,
Cuja a ventura única consiste
Em parecer aos outros venturosa!


Raimundo Correia

******************************************************

Pois é, queria postar algo sobre carnaval, mas como? Nada sei sobre carnaval, jamais participei dessa festa. Eventualmente leio em revistas de grande publicação e veja na mídia televisiva propaganda sobre essa festa que arrasta multidões. Assisti um comercial que dizia " no carnaval fazemos coisas impensáveis, homens se vestem de mulher, tem cada fantasia ridicula..."

Eu queria falar sobre máscaras, simbolo da folia carnavalesca, Terminada a festa as pessoas guardam suas máscaras. Algumas pessoas. Outras continuam mascaradas para esconderem suas mágoas, suas tristezas, suas decepções, amarguras. Como bem disse o poeta SE se pudesse ... ver através da mascara da face..."

No entanto, é impossível ter máscaras diante de Deus.
Ainda que eu consiga disfarçar ou esconder o que vai dentro de mim para os outros, diante de Deus isso não é possível.

Deus conhece-nos no mais profundo do nosso ser. Ele sabe e conhece quem cada um de nós é. E somente quando a nossa máscara cai diante dele, é que é possível relacionarmo-nos com Ele. Por inteiro! Livremente!

Li algo que me tocou profundamente sobre isso:

  • A primeira coisa que Deus faz quando o buscamos, é nos desmascarar, mostrar para nós quem realmente somos, de maneira que podemos vir a ser o que devemos ser. - Vivendo com propósitos de Ed René Kivitz
É um processo doloroso, mas libertador!
Ao ter noção de que Deus deseja relacionar-se comigo, tal como eu sou, sem máscaras e que assim, Ele vai-me moldando, tal como o oleiro molda o barro, eu permito que ele traga ao de cimo o melhor de mim, até refletir a imagem de Seu filho.
Dói, mas não há outro processo. E quanto mais noção temos disso dentro de nós, mais Deus pode fazer a sua obra.
Por isso, nada de mascaradas diante de Deus. E tão pouco querer fugir da Sua presença.
Ele mesmo completará a obra que iniciou em cada um de nós! E fiel é a Sua promessa!
Afinal, "... para quem iremos, Senhor, se só tu tens as palavras da vida eterna". João 6:68


(Excertos do Blog Coisas de Mim)



“Todo o homem é responsável pelo bem que não faz”

Voltaire

Sou lunar


Eu não penso, não me queixo,
nem discuto, nem durmo.
Não desejo nem sol,
nem lua, nem mar, nem barco.

Não penso no calor que faz entre estas paredes,
nem como o jardim está verde;
e esse presente, que tanto desejei,
já não o espero.

Não me anima nem a manhã,
nem o elétrico o seu tilintar alegre,
vivo sem ver o dia,
esquecendo-me, do tempo,o ano e a hora.

Sobre uma corda estragada,
eu danço – pobre dançarina.
Sou a sombra de uma sombra.
Sou lunar de duas sombrias luas.


Marina Tsvétaïeva -in E cantou como canta a tempestade
tradução: António Mega Ferreira -ed.Assírio e Alvim,2007


sábado, 21 de fevereiro de 2009

Todos estão sós


Todos estão sós no coração da terra,
Atravessados por um raio de sol:
E de repente é noite.


Salvatore Quasimodo


(trad. de Jorge de Sena – in Poesia do s.XX-Inova,Porto,1978)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Castelo Monalisa -

Entra-se no castelo dos Moreira por um enorme portão de ferro. De lá, uma sinuosa estrada de 4 quilômetros percorre o quintal de 8 milhões de metros quadrados e leva até a casa. Ao longo de suas curvas, postes metálicos sustentam luminárias e caixas de som. Das oito torres do castelo, a mais alta é a que abriga no topo a suíte do casal, com 110 metros quadrados. Tem 47 metros de altura, igual a um prédio de treze andares. Cada uma das 36 suítes , todas triplex, conta com quatro cômodos: quarto, sala de estar, closet e banheiro. O castelo está equipado, ainda, com uma cozinha industrial capaz de atender 200 pessoas, dois elevadores, sistema de aquecimento central, uma capela e um anexo de lazer, com sauna, salão de jogos e de ginástica. Também possui uma adega subterrânea climatizada, com capacidade para 8 000 garrafas. As quase três centenas de janelas são feitas de madeira sucupira. As escadarias são de granito escuro. O salão principal tem 800 metros quadradros com um pé- direito de cerca de 12 metros. Na garagem, cabem pelo menos 40 carros. A suite do casal tem elevador. Os poucos amigos que iam ao castelo afirmam que ele chegou a empregar 200 pessoas.

castelo

O castelo da família do deputado federal Edmar Moreira tem mármore por toda a parte - inclusive nos banheiros e na sauna. São 36 suítes, e uma delas ocupa três andares de uma torre. Há piscinas, lago e jardins.

http://2.bp.blogspot.com/_O6qM4ekEjlQ/SYtGkgzWFrI/AAAAAAAAAmI/3C_YGTw6WKA/s400/89.jpg

São 7.500 metros quadrados de área construída (maior que o Castelo de Neuschwanstein, nos Alpes da Baviera, que inspirou o castelo da Cinderela de Walt Disney), 36 suítes, dezoito salas, oito torres, 275 janelas, uma piscina com cascata, fontes e espelhos d'água. Fica no distrito de Carlos Alves, vilarejo de pouco mais de 1.000 habitantes e 300 casas, no município de São João Nepomuceno, a 70 quilômetros de Juiz de Fora.

Vejam mais fotos do Castelo, abaixo:

Pátio da piscina. Cliquem para ampliar.

Pátio da piscina. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar.

Piscinas. Foto: Divulgação. Clique para ampliar

Piscinas. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar

Piscina do Castelo Monalisa. Foto: Divulgação. Cliquem para ampliar.

Piscina do Castelo Monalisa. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar.

Detalhe. Piscina. Foto: Divulgação. Cliquem para ampliar.

Detalhe. Piscina. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar.

Área da piscina do Castelo Monalisa. Foto: Divulgação. Clique para ampliar.

Área da piscina do Castelo Monalisa. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar.

Castelo Monalisa visato ao longe. Foto: Divulgação. Cliquem para ampliar.

Castelo Monalisa visto ao longe. Foto: Divulgação. Extraída no UOL. Clique para ampliar.

Ma a pergunta que não quer calar é: De onde veio o dinheiro, pra tanto luxo?


http://www.jornalvicentino.com.br/home/wp-content/uploads/2006/06/falcao.jpg


"Querendo parecer originais,

tornamo-nos:

ridículos ou extravagantes."

Marquês de Maricá




Um bom arrependimento é ....

a melhor medicina,

para as enfermidades da alma.

(Miguel de Cervantes)

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Eles são muitos, mas não podem voar...



Pavão Misterioso

Pavão misterioso
Pássaro formoso
Tudo é mistério
Nesse teu voar
Ai se eu corresse assim
Tantos céus assim
Muita história
Eu tinha prá contar...


Pavão misterioso
Nessa cauda
Aberta em leque
Me guarda moleque
De eterno brincar
Me poupa do vexame
De morrer tão moço
Muita coisa ainda
Quero olhar...

Pavão misterioso
Pássaro formoso
Tudo é mistério
Nesse seu voar
Ai se eu corresse assim
Tantos céus assim
Muita história
Eu tinha prá contar...

Pavão misterioso
Pássaro formoso
No escuro dessa noite
Me ajuda, cantar
Derrama essas faíscas
Despeja esse trovão
Desmancha isso tudo, oh!
Que não é certo não...

Pavão misterioso
Pássaro formoso
Um conde raivoso
Não tarda a chegar
Não temas minha donzela
Nossa sorte nessa guerra
Eles são muitos
Mas não podem voar...

Composição: Ednardo


PÉROLAS



Pessoas ordinárias vêem a vida acontecer;

Pessoas extraordinárias fazem a vida acontecer”.


A. W. Tozer

NÃO ME GUIO POR VISTAS.....

http://4.bp.blogspot.com/_y8g8fIEtgFw/R7MNb2RvLXI/AAAAAAAAAFc/fNn6rMKlz_4/s320/desola%C3%A7%C3%A3o.jpg


“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.”


Habacuque 3: 17-18


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Cometa Lulin


Cometa Lulin pode ser observado até 24 de fevereiro


O cometa Lulin, descoberto por astrônomos de Taiwan e da China, está cruzando os ceús de várias localidades do mundo, inclusive o Brasil, e poderá ser visto em seu maior esplendor no próximo dia 24 de fevereiro. Neste dia, o brilho do fenômeno permitirá que seja observado por qualquer pessoa apenas com a ajuda de um binóculo.

Segundo especialistas, o cometa pode ser observado das 4h até o início da manhã nos dias que antecedem sua máxima. Já em 24 de fevereiro, ele se tornará visível desde o entardecer até o amanhecer do dia seguinte.

"Binóculo tem que ser utilizado de qualquer maneira porque o cometa está justo no limite de não ser mais visto sem instrumentos", informou o astrônomo chileno Arturo Gómez ao Terra Chile. De acordo com o pesquisador, um dia de clima ameno e lua pequena no céu serão condições astronômicas ideais para os curiosos enxergarem o cometa.

Na maior aproximação, o Lulin chegará a 60 milhões de quilômetros da Terra e depois nunca mais passará por aqui. O nome original do cometa é Lulin c/2007. Gómez explicou que a letra "c" indica que o cometa possui uma orbita que dura mais de 200 anos.

Com informações do Terra Chile


A súmula de jurisprudência 370 fixa que “caracteriza dano moral a apresentação antecipada do cheque pré-datado”.

O depósito de cheque pré-datado antes do prazo combinado entre comerciante e consumidor configura dano moral, com direito a indenização, de acordo com súmula editada nesta segunda-feira (16) pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e anunciada nesta terça-feira (17). Com a edição da súmula, o STJ passará a adotar a orientação em suas decisões futuras.

A súmula do STJ, no entanto, serve apenas como "guia" para os juízes de instâncias inferiores, que podem ou não aplicá-la –ao contrário das súmulas vinculantes do Supremo Tribunal Federal (STF), que obrigatoriamente precisam ser acatadas pelos poderes Executivo e Judiciário.

A súmula de jurisprudência 370 fixa que “caracteriza dano moral a apresentação antecipada do cheque pré-datado”. Em uma das primeiras decisões do STJ sobre o caso, em 1993, os ministros condenaram um comerciante que apresentou o cheque antes do prazo a pagar indenização de 20 salários mínimos (o equivalente hoje a R$ 4.650) à vítima.

Em outro julgamento, realizado em 2005, os ministros também condenaram um comerciante a pagar indenização de 20 salários mínimos a um consumidor da Paraíba que teve o cheque devolvido sem fundos por ter sido depositado fora do prazo combinado.

Em uma decisão tomada em 2000, o ministro Eduardo Ribeiro já havia ressaltado que constitui dano moral a devolução de cheque pré-datado por insuficiência de fundos quando a apresentação é feita antes da data acertada entre as partes.

http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/

Paciência

Composição: Lenine e Dudu Falcão


Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo
Prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára
A vida não pára não...

Será que é tempo
Que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo
Prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára
A vida não pára não...

A vida não pára!...
A vida é tão rara!...


terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Viajar


"A maior aventura de um ser humano é viajar,
E a maior viagem que alguém pode empreender
É para dentro de si mesmo.
E o modo mais emocionante de realizá-la é ler um livro,
Pois um livro revela que a vida é o maior de todos os livros,
Mas é pouco útil para quem não souber ler nas entrelinhas
E descobrir o que as palavras não disseram...
"

Augusto Cury.



Amo as pedras, os astros e o luar
Que beija as ervas do atalho escuro,
Amo as águas de anil e o doce olhar
Dos animais, divinamente puro.

Amo a hera que entende a voz do muro
E dos sapos, o brando tilintar
De cristais que se afagam devagar,
E da minha charneca o rosto duro.

Amo todos os sonhos que se calam
De corações que sentem e não falam,
Tudo o que é Infinito e pequenino!

Asa que nos protege a todos nós!
Soluço imenso, eterno, que é a voz
Do nosso grande e mísero Destino!…


Florbela Espanca

Procura


Procurarei meu rosto na água, no vidro,
nos olhos alheios.
Duvidarei de mim, que me contemplo,
Da água, dos vidros , dos olhos que me refletem.

Procurarei meu rosto dentro da terra,
no chão do planeta onde vou ficar...
Em que pólo te poderei alcançar, ó rosto meu,
incerto e fixo

Ó fugitivo predeterminado,
Ó eterno mortal?

Procuro-te – para sentir o molde de onde vieste,
Ó cópia dolorida.

Que conseguiste, afinal,
preservar da essência a que pobremente serves?


Cecília Meireles

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Advocatus diaboli

http://www.cinemacomrapadura.com.br/filmes/imgs/oadvogadododiabo_1997_img_8.jpg

VOCE SABIA

… que antigamente, durante o processo de canonização pela Igreja Católica havia um Promotor da Fé (Promotor Fidei), e um Advogado do Diabo (advocatus diaboli), papéis desempenhados por advogados nomeados pela própria Igreja. O primeiro apresentava argumentos em favor da canonização o segundo fazia o contrário, ou seja, argumentava contra a canonização do candidato; era seu dever olhar ceticamente o processo, procurando lacunas nas provas de forma a poder dizer, por exemplo, que os milagres supostamente feitos eram falsos, etc.

O ofício de Advogado do Diabo foi estabelecido em 1587 e foi abolido pelo Papa João Paulo II em 1983. Isto causou uma subida dramática no número de indivíduos canonizados: cerca de 500 canonizados e mais de 1300 beatificados a partir desta data, enquanto apenas houvera 98 canonizações no período que vai de 1900 a 1983. Isto sugere que os Advogados do Diabo, de facto, reduziam o número de canonizações. Alguns pensam que terá sido um cargo útil para assegurar que tais procedimentos não ocorressem sem causa merecida, e que a santidade não era reconhecida com muita facilidade.

Hoje em dia o termo tem vindo a designar uma pessoa que discute a favor de um ponto de vista no qual não acredita, mas que o faz simplesmente para apresentar um argumento. Este processo pode vir a ser utilizado para testar a qualidade do argumento e identificar erros na sua estrutura.

Resumindo: os advogados determinavam, desde sempre, quem era santo, e quem nãoo era. No momento que foram tirados do rito de escolha, qualquer um podia e pode ser santo.

Foi o que eu entendi.

Christhian Naranjo

Detalhes

http://calebe2004.zip.net/images/Casal_Apaixonado.jpg

Composição: Roberto e Erasmo

Não adianta nem tentar
Me esquecer
Durante muito tempo
Em sua vida
Eu vou viver...

Detalhes tão pequenos
De nós dois
São coisas muito grandes
Prá esquecer
E a toda hora vão
Estar presentes
Você vai ver...

Se um outro cabeludo
Aparecer na sua rua
E isto lhe trouxer
Saudades minhas
A culpa é sua...

O ronco barulhento
Do seu carro
A velha calça desbotada
Ou coisa assim
Imediatamente você vai
Lembrar de mim...

Eu sei que um outro
Deve estar falando
Ao seu ouvido
Palavras de amor
Como eu falei
Mas eu duvido!
Duvido que ele tenha
Tanto amor
E até os erros
Do meu português ruim
E nessa hora você vai
Lembrar de mim...

A noite envolvida
No silêncio do seu quarto
Antes de dormir você procura
O meu retrato
Mas da moldura não sou eu
Quem lhe sorri
Mas você vê o meu sorriso
Mesmo assim
E tudo isso vai fazer você
Lembrar de mim...

Se alguém tocar
Seu corpo como eu
Não diga nada
Não vá dizer
Meu nome sem querer
À pessoa errada...

Pensando ter amor
Nesse momento
Desesperada você
Tenta até o fim
E até nesse momento você vai
Lembrar de mim...

Eu sei que esses detalhes
Vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma
Todo amor em quase nada
Mas "quase"
Também é mais um detalhe
Um grande amor
Não vai morrer assim
Por isso
De vez em quando você vai
Vai lembrar de mim...

Não adianta nem tentar
Me esquecer
Durante muito
Muito tempo em sua vida
Eu vou viver
Não, não adianta nem tentar
Me esquecer...



Insônia


http://4.bp.blogspot.com/_tn51xfb5OZ0/SLSnmSMI7dI/AAAAAAAADFw/l8l3gz6F5n0/s400/insonia.JPG




De vez em quando a insônia vibra com a nitidez dos sinos, dos cristais. E então, das duas uma: partem-se ou não se partem as cordas tensas da sua harpa insuportável.No segundo caso, o homem que não dorme pensa: «o melhor é voltar-me para o lado esquerdo e assim, deslocando todo o peso do sangue sobre a metade mais gasta do meu corpo, esmagar o coração».
Carlos de Oliveira

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Aleluia de Handel

Coral da Igreja Assembleia de Deus na L2 Sul - Brasília-DF

video

Erro e ilusão

http://2.bp.blogspot.com/_N2uvBmslvpw/SNb29enYQwI/AAAAAAAABG4/E4xTIS5dEDw/s400/marionetes_famosas_a.jpg

"Todo este mundo quotidiano e visível, toda esta gente que bóia à superfície da vida, todas estas coisas que constituem os nomes e os feitos da história não são mais que erro e ilusão. Somos todos, não agentes, senão agidos - títeres de maiores que nós. Todo o nosso orgulho de conscientes e a nossa soberba de racionais são o títere que se orgulha de seus gestos. Na verdade o combate é aqui, mas não é nosso; não é connosco, somos nós. Não somos atores de um drama: somos o próprio drama - a antestreia, os gestos, os cenários. Nada se passa conosco: nós é que somos o que se passa"


Fernando Pessoa, in "Os Trezentos e Outros Ensaios"


Circunda-te de rosas

"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala.O mais é nada".

(Fernando Pessoa)Alinhar ao centro


sábado, 14 de fevereiro de 2009

Haicai - Bashô


Não há arroz
mas tenho na malga
uma flor

Matsuo Bashô

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Meu lado Gris (4)

Que Pesa o Escrúpulo do Pensamento?
http://2.bp.blogspot.com/_PAY18SnkC2c/RlCnHRuCl1I/AAAAAAAABwU/J8gCCWVmn2w/s400/DSCF4027.JPG


Azuis os montes que estão longe param.
De eles a mim o vário campo ao vento, à brisa,
Ou verde ou amarelo ou variegado,
Ondula incertamente.
Débil como uma haste de papoila
Me suporta o momento. Nada quero.
Que pesa o escrúpulo do pensamento
Na balança da vida?
Como os campos, e vário, e como eles,
Exterior a mim, me entrego, filho
Ignorado do Caos e da Noite
Às férias em que existo.

Ricardo Reis, in "Odes"
Heterônimo de Fernando Pessoa

Meu lado Gris (3)

IMEMORIAL
http://3.bp.blogspot.com/_ImQyAnUrnyU/R8G5NjbNsmI/AAAAAAAAAIw/Mt8J1WW_c94/s400/Ang%C3%BAstia%2B1.jpg

Não fui quem sou, quando nasci.
Nem sou quem sou, quando amo.
Nem quando sofro.
Porque coexisto.
Porque a angústia

é uma herança.

Só me aproximo de mim mesmo
quando fujo,
atravesso a fronteira,
ou me defendo, ou fico triste.

Ou quando sinto a rosa
secreta e quente da vergonha
subir-me à face.

O mar me bate à porta,
como um grito da origem.
Mas como descobrir
a onda imemorial que me trouxe?

Cassiano Ricardo
in Um dia após o outro,1947


O Senhor te abençoe


O Senhor te abençoe e te guarde, o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, s tenha misericordia de ti;o Senhor levante sobre ti o seu rosto, e te dê a paz.
Números 6.24 a 26
http://ivansainzpardo.blogia.com/upload/20060323213420-paz.jpgAlinhar ao centro


 
DESAPARECIDOS: Clique aqui e coloque no seu Blog!