domingo, 21 de junho de 2009

Agonia



Composição: Mongol

Se fosse resolver
iria te dizer
foi minha agonia
Se eu tentasse entender
por mais que eu me esforçasse
eu não conseguiria
E aqui no coração
eu sei que vou morrer
Um pouco a cada dia
E sem que se perceba
A gente se encontra
Pra uma outra folia
Eu vou pensar que é festa
Vou dançar, cantar
é minha garantia
E vou contagiar diversos corações
com minha euforia
E a amargura e o tempo
vão deixar meu corpo,
minha alma vazia
E sem que se perceba a gente se encontra
pra uma outra folia


terça-feira, 16 de junho de 2009

Qual o Potencial da Oração?

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/abril/imagens/oracao-2.jpg

Quem pode calcular as dimensões do poder de Deus? Os cientistas fazem estimativas do peso total do globo terrestre, os estudiosos da Bíblia chegam a decifrar as medidas da Cidade Celestial, os astrônomos contam as estrelas no céu, outros medem a velocidade do relâmpago e dizem precisamente quando o sol se levanta e se põe – no entanto, é impossível estimar o poder da oração.

A oração é tão vasta quanto o próprio Deus, porque é ele mesmo que está por trás dela. A oração é tão poderosa quanto Deus, pois ele se comprometeu a respondê-la. Que Deus tenha compaixão de nós, por sermos tão gagos e hesitantes nesta que é a atividade mais nobre da língua e do espírito do homem. Se Deus não nos iluminar no nosso recinto privado de oração, andaremos em trevas. No tribunal de Cristo, o fato mais vergonhoso que o cristão haverá de enfrentar será a pobreza da sua vida de oração.

Leia este trecho majestoso do ilustre pregador do quarto século, Crisóstomo: “O imenso poder da oração já sujeitou a força do fogo; amarrou a ira de leões, acalmou as insurreições de anarquia, pôs fim a guerras, aplacou as forças selvagens da natureza, expeliu demônios, rompeu os grilhões da morte, expandiu os limites do reino dos céus, aliviou enfermidades, afastou fraudes, resgatou cidadãos da destruição, parou o sol no seu curso, e impediu o avanço do raio destruidor.

“A oração é uma panóplia (armadura) contra todo mal, um tesouro que nunca se diminui, uma mina que jamais poderá ser esgotada, um céu sem qualquer obstrução de nuvem, um horizonte imperturbado por tempestades. É a raiz, a fonte, a mãe, de incontáveis bênçãos.”

Leonard Ravenhill


segunda-feira, 15 de junho de 2009

Por que não morri ao nascer?

"Por que não morri ao nascer? Por que não expirei ao vir à luz? Por que me receberam os joelhos? E por que os seios, para que eu mamasse? Pois agora estaria deitado e quieto: teria dormido e estaria em repouso, ou, como aborto oculto, eu não teria existido, como as crianças que nunca viram a luz. Não tenho repouso, nem sossego, nem descanso; mas vem a perturbação"

(Jó 3.11-13, 16, 26),

Porque Jó estava a dizer palavras tão amargas, tão perturbadoras ?

Jó estava enfermo, muito enfermo, seus amigos o abandonaram, seu halito era repugnante a sua mulher, seus servos não mais o obedeciam, estava enfermo e solitário. Mas o incomodo maior de Jó era sentir-se como abandonado por Deus.

O ser humano não é, como disse Emerson, "um ser em ruínas", ou Jonathan Swift, autor das Aventuras de Gulliver, "o homem é a espécie de verme mais perniciosa e degradante que a natureza jamais permitiu que rastejasse na face da terra", ou, ainda, Martin Heidegger, o filósofo alemão: "um-ser-para-a-morte, cuja marcha final é o Nada, onde não se reconhece Deus, onde não se reconhece descanso, nem salvação. Nada. Nada".

A doença é uma revelação de nossa finitude, de nossa fragilidade, de nossa condição de ser vivo, e de que um dia voltaremos ao pó. No caso de Jó serviu para demonstrar a fidelidade de Jó a Deus.Serviu para demonstrar que Deus atua mesmo nas grandes enfermidades, na angustia e na solidão, que Ele cura, restaura, porque Ele é fiel!


domingo, 14 de junho de 2009


Brasil: selo homenageia gastronomia luso-brasileira


A gastronomia luso-brasileira será homenageada com o lançamento de um selo comemorativo dos 200 anos da chegada da família real portuguesa ao Brasil, em 1808

Criado pela artista Luciana Bricio e com uma tiragem de 600 mil unidades, o selo integra a «Série 200 Anos da Chegada da Família Real», lançada pela Empresa Brasileira de Correios (ECT) do Brasilem 2008.

Com um valor facial de 0,90 reais (0,37 euros), o selo destaca duas especialidades da culinária luso-brasileira: o cozido português e o quindim brasileiro.


ALVARO VELLOSO DE CARVALHO

No. 07 - 28/04/00

Confesso-me surpreso com a polêmica causada pela minha afirmação de que não gosto de gays. Não há nada de inusitado nessa opinião - afinal, ela é a mesma de mais de dois terços da humanidade, até porque as três grandes religiões (judaísmo, cristianismo e islamismo) condenam, expressamente, em seus textos sagrados, as práticas "homossexuais" (já expliquei minha objeção a esse termo). Por que, então, essa polêmica?

Ah, porque ficou feio não gostar de homossexuais. Ficou feio até mesmo chamá-los de "viados" - termo que nada tem a ver com o animal, mas é uma redução de "transviados". Ficou feio achar que a prática da sodomia é moralmente errada, apesar da opinião em contrário das três mais abalizadas fontes de ensinamentos e mandamentos morais da humanidade. Aliás, não ficou feio achar ou pensar tudo isso: ficou feio dizer. Não pega bem socialmente. Ficou tão feio que, já contei aqui, as agências internacionais de notícias, que fizeram tanto escândalo pelo assassinato brutal do rapaz gay Matthew Shepard, assassinato que nada teve a ver com fatores sexuais, e sim com uma briga por causa de dinheiro, essas mesmas agências fizeram de tudo para esconder o assassinato muito mais brutal de um menino de 13 anos por um casal gay, que matou o menino por asfixia depois de tê-lo dopado e submetido a diversos "jogos sexuais". E um dos irresponsáveis disse, chorando, que eles estavam "apenas brincando".

Não, isso não é "notícia". Não é notícia porque o estilo de vida gay assumiu um status sacrossanto, sob as bênçãos de ONGs, entidades internacionais, filmes e séries de TV. Não é notícia porque a repugnante prática da sodomia entre machos ganhou ares de "opção sexual" no mesmo nível da prática que garante a continuidade da espécie. E antes que algum imbecil responda que ninguém faz sexo pensando apenas em procriar, explico: a motivação subjetiva do sexo heterossexual pode não ser a procriação, mas sua motivação objetiva é; acabem com o intercurso heterossexual, e acabará a humanidade; acabem com o "homossexualismo", e não fará a menor diferença.

Neste ponto, acho que devo prestar um esclarecimento, válido especialmente no Brasil, onde ninguém concebe nada fora da ação estatal e onde toda idéia é vista como um projeto de lei em potencial. Não estou dizendo que as práticas homossexuais devam ser proibidas pelo Estado, ou que o Estado deva criar uma secretaria de treinamento psicológico obrigatório para gays; muito menos estou dizendo que alguém deva sair às ruas batendo em gays. O Estado não tem nada a ver com o assunto, e um erro moral não é justificativa para agressões físicas.

Estou dizendo apenas que eu e qualquer pessoa de bem estamos de saco cheio dessa transformação de um tesão anal numa religião leiga, com direito a panteão de santos e lista de excomungados. Já estou de saco cheio das políticas de privilégios para gays, de sexólogas dizendo a adolescentes que eles devem "experimentar de tudo", das manifestações ridículas de "orgulho gay", quando é óbvio que não há nada de que se orgulhar no caso. Já estou de saco cheio de ver os pacientes de AIDS ser tratados como vítimas de um vírus, e não do próprio estilo de vida promíscuo. E, principalmente, estou de saco cheio dessas passeatas e manifestações que pretendem que a Igreja negue o Evangelho para atender a cretinos que não conseguem conter o próprio tesão anal - cretinos que, inexplicavelmente, são gays e não vêem a hora de entrar para uma religião que condena os gays, ou que escolhem um pedaço da religião para acreditarem e jogam fora todo o resto, e mesmo assim querem que a religião os aceite.

E que ninguém venha com o papo de que nem todos os gays são promíscuos, porque todos nós sabemos que os não-promíscuos são minoria. Essa mania de pensar como se não soubéssemos o que sabemos está na origem de toda desonestidade intelectual, e contamina toda essa discussão. Não venham com essa para cima de mim. Especialmente depois da matéria no caderno feminino do jornal O Globo de sábado passado, em que o repórter revelava que o novo movimento dos gays americanos chama-se barebacking, e consiste em ir a festas gays e ficar, como diz o nome, de "costas nuas" para quantos vierem e quiserem. O repórter do Globo foi incapaz de ver qualquer problema moral no caso: viu apenas um excessivo risco de contaminação por HIV, por causa da ausência da camisinha. É precisamente dessa maluquice moral que estou falando.

fonte:oindividuo.com/alvaro/alvaro7.htm -

************************************************

PS Caro Álvaro faço minhas as tuas sábias palavras. E me desculpe por usar o seu texto sem te consultar, eu bem que tentei, mas não consegui localizar teu endereço.

....................................................................................

Não sofro de homofobia.

Deus aborrece o pecado, mas ama o pecador. Eu também.....

.............................................................................

Hoje em São Paulo Marcha do Orgulho (???????) Gay

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Beija-me com os beijos da tua boca

Cantares 1 -

http://1.bp.blogspot.com/_uBTXho3eaM4/Rm1lohWbe6I/AAAAAAAAABE/tB4lUVFHBAo/s400/beijo.jpg



1. Cântico dos cânticos de Salomão.
2. Beija-me com os beijos de tua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho.
3. Suave é o aroma dos teus ungüentos, como ungüento derramado é o teu nome; por isso, as donzelas te amam.
4. Leva-me após ti, apressemo-nos. O rei me introduziu nas suas recâmaras.
5. Eu estou morena e formosa, ó filhas de Jerusalém, como as tendas de Quedar, como as cortinas de Salomão.
6. Não olheis para o eu estar morena, porque o sol me queimou. Os filhos de minha mãe se indignaram contra mim e me puseram por guarda de vinhas; a vinha, porém, que me pertence, não a guardei.
7. Dize-me, ó amado de minha alma: onde apascentas o teu rebanho, onde o fazes repousar pelo meio-dia, para que não ande eu vagando junto ao rebanho dos teus companheiros?
8. Se tu não o sabes, ó mais formosa entre as mulheres, sai-te pelas pisadas dos rebanhos e apascenta os teus cabritos junto às tendas dos pastores.
9. Às éguas dos carros de Faraó te comparo, ó querida minha.
10. Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço, com os colares.
11. Enfeites de ouro te faremos, com incrustações de prata.
12. Enquanto o rei está assentado à sua mesa, o meu nardo exala o seu perfume.
13. O meu amado é para mim um saquitel de mirra, posto entre os meus seios.
14. Como um racimo de flores de hena nas vinhas de En-Gedi, é para mim o meu amado.
15. Eis que és formosa, ó querida minha, eis que és formosa; os teus olhos são como os das pombas.
16. Como és formoso, amado meu, como és amável! O nosso leito é de viçosas folhas,

12 de junho "Dia dos Namorados)

Amor e Sexo

http://lh6.ggpht.com/vantaspaint/R9CD7MWBIjI/AAAAAAAAAxw/AS_ormcZh0c/s400/beijo20na20praia1nv%5B1%5D.jpg

Composição: Rita Lee / Roberto de Carvalho / Arnaldo Jabor

Amor é um livro
Sexo é esporte
Sexo é escolha
Amor é sorte...

Amor é pensamento
Teorema
Amor é novela
Sexo é cinema..

Sexo é imaginação
Fantasia
Amor é prosa
Sexo é poesia...

O amor nos torna
Patéticos
Sexo é uma selva
De epiléticos...

Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval
Oh! Oh! Uh!

Amor é para sempre
Sexo também
Sexo é do bom
Amor é do bem...

Amor sem sexo
É amizade
Sexo sem amor
É vontade...

Amor é um
Sexo é dois
Sexo antes
Amor depois...

Sexo vem dos outros
E vai embora
Amor vem de nós
E demora...

Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval
Oh! Oh! Oh!

Amor é isso
Sexo é aquilo
E coisa e tal!
E tal e coisa!
Uh! Uh! Uh!
Ai o amor!
Hum! O sexo!


quinta-feira, 11 de junho de 2009

Amor impossível



Um amor impossível viver,
é um eterno renascer,
na esperança de um dia o viver...
Sem dúvida um lindo pensamento...
O amor impossível é um doce tormento,
que à vida pode até dar um novo alento,
embalando nosso sentimento...


Marcial Salaverry


PS Dia 12 de junho "Dia dos Namorados"

De Joelhos é melhor.....


http://casaejardim.globo.com/edic/597/paisagismo06.jpg

"Aqueles que rezam fazem m ais pelo mundo que aqueles que lutam: e se o mundo vai de mal a pior, é porque existem mais batalhas do que orações".
George Patton

Porque os pássaros não caem quando dormem em um galho ou nos fios? Com será que eles conseguem?

A reposta está na estrutura dos dedos e tendões desses animais. O tendão flexor do músculo da coxa passa por cima do joelho, desce pela perna, contorna o tornozelo e acaba debaixo das patas. Isto quer então dizer o quê? Trocando em miúdos, o peso do corpo da ave faz com que o joelho da mesma fique dobrado, esticando assim o tendão e obrigando as patas a fecharem-se. Este mecanismo de “distribuição de peso” é tão eficaz, que já encontraram aves ainda agarradas aos poleiros muito tempo depois de terem morrido.

O joelho dobrado do passarinho aciona o mecanismo de segurança: seus dedos travam segurando fortemente o galho. Que “engenheiro” maravilhoso o nosso Deus! Ele criou o pássaro com esse dispositivo perfeito!

Conosco, seres humanos, não é diferente, e não estou falando do sistema de alerta comuns nos humanos, aves, mamíferos e muitos outros animais. Falo de joelhos dobrados! Quando tudo parece ruir, quando o caminho parece íngreme demais para continuar, quando a esperança esvaece, as doenças, a angustia nos assolam o melhor é ..... dobrar os joelhos. Dobre os joelhos e converse com o criador dos pássaros da terra e de tudo que nela há. Fale com ELE, seu criador, a oração é a sua trava de segurança.


Dobre os joelhos e ore, porque de joelhos é melhor.....



quarta-feira, 10 de junho de 2009

Primeira Adoção por casal homossexual em Goiás.


Juiz da Infância e Juventude em Goiânia, Maurício Porfírio Rosa não vê impedimento de casais gays adotarem filhos, já que o foco do direito não está no adotante, e sim no adotado. “A adoção só pode ser conferida quando houver vantagem para a criança. Isto está claro no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).”

Entretanto, o magistrado ressalva: “O núcleo familiar padrão é formado por pai, mãe e filhos. Esse é o modelo ideal”. Frisa, por outro lado, que durante o processo no Juizado a orientação sexual dos interessados não é anotada.

Essa declarações foram feitas em 2007. Hoje, o Juiz Maurício Porfírio sentenciou concedendo guarda de uma menina de dois anos a um casal de mulheres. A sentença foi baseada em decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. O juiz fundamentou sua decisão na união estável entre as parceiras que ja convivem há oito anos, e no fato de o irmão mais velho da adotada já ser adotado por uma das parceiras.

O casal adotante reside em Brasília, uma delas tem 49 anos , e é funcionária pública.

*******************************************************************

E você é a favor da adoção de crianças por casais homossexuais?
Então deixe seu comentário.




10 de junho - Dia da língua portuguesa


O mundo que fala português (chamado lusófono) tem atualmente cerca de 250 milhões de pessoas e no Brasil estão 80% desses falantes. O português é a língua oficial em Portugal, Ilha da Madeira, Arquipélago dos Açores, Brasil, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, é a quinta língua mais falada do planeta e a terceira mais falada entre as línguas ocidentais, atrás do inglês e do castelhano. Seu ensino virou obrigatório nos países que compõem o Mercosul.

Não oficialmente, o português também é falado por uma pequena parte da população em Macau (território chinês que foi até 1999 administrado pelos portugueses); no estado de Goa, na Índia (que foi possessão portuguesa até 1961) e no Timor Leste, na Oceania (até 1975 administrado pelos portugueses, quando então foi tomado pela Indonésia, atualmente é administrado pela ONU).

O fato de a língua portuguesa estar assim espalhada pelos continentes deve-se à política expansionista de Portugal, nos séculos XV e XVI, que levou para as colônias essa língua tão rica, que se misturou a crenças e hábitos muito diversos, e acabou simplificada em vários dialetos. São chamados de crioulos os dialetos das colônias européias de além-mar.

fonte:www.ibge.org.br

Eu amo sabrinas - (e não sabia!!!)

Li no blog da Vilma que ela usa sabrinas, são os seus sapatos preferidos; incontinente passei um e-mail perguntando-lhe sobre as tais sabrinas.
A Vilma gentilmente respondeu e indicou um endereço onde poderia encontrá-las. Aí, descobri que sabrinas são sapatilhas!!!!!

Para ler a postagem clic - Me and Facebook

(Inclusive meu editor de textos grifa de vermelho a palavra "sabrinas", para ele a palavra está grafada incorretamente).

Encontrei em muitos sites listas de palavras com significados diferentes no Brasil e Portugal, escolhi algumas só para ilustrar.


Brasil -
Portugal - pequenas diferenças lingüísticas

Esporte - Desporto
Cupom - Cupão
Café da Manhã - Pequeno Almoço
Xícara - Chávena
Rapariga (prostituta) - Rapariga (Moça)
Meia - Peúga
Suco - Sumo
Trem - Comboio
Cafezinho - Bica
Garoto/ Menino - Puto
Açougue, açougueiro - Talho, talhante
Blusa - Camisola.

E agora já sei que quem gosta de sabrinas, gosta mesmo é de sapatilhas!!!!!

É de notar que nós brasileiros usamos muito o verbo no gerúndio e os portugueses no infinitivo:
No Brasil "Estou usando sapatilhas.
Em Portugal "Estou a usar sabrinas."

PS.: 10 de junho é o "dia da lingua portuguesa"

Em SP, ambulatório terá cirurgia de mama para travesti

SÃO PAULO - O governo do Estado de São Paulo inaugura hoje na capital um ambulatório especial para o atendimento geral de saúde de travestis e transexuais. O local deverá ainda, mediante protocolos que serão definidos, oferecer cirurgia de colocação de próteses de mama e terapias hormonais para garantir uma identidade feminina ao corpo, como a eliminação de pelos do rosto, por exemplo.

Para Irina Bacci, presidente do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, a inclusão das cirurgias e da hormonoterapia no serviço público de São Paulo será um passo além da medida que prevê a cirurgia para mudança de sexo no Sistema Único de Saúde (SUS), autorizada pelo Ministério da Saúde em agosto do ano passado e que rendeu homenagens e críticas à pasta. O anúncio do ambulatório ocorrerá hoje à tarde no Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, na zona sul de São Paulo, durante o mês do orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT).

Segundo Alessandra Saraiva, coordenadora da secretaria de travestis e transexuais da Associação Parada LGBT, o serviço será muito importante para promover o correto atendimento de saúde da população. ? A unidade não tem a intenção de segregar a população, mas sim promover sua entrada no sistema, pois hoje ainda sofrem preconceitos.?

Segundo destaca a presidente do conselho, hoje o SUS já tem despesas com transgêneros que se submetem a terapias hormonais sem acompanhamento médico e também com as graves complicações de injeções clandestinas de silicone industrial, utilizado para a formação de glúteos e seios. ? Hoje os médicos já fazem este tipo de terapia com fins de saúde e estéticos para mulheres. Não fazem para travestis por preconceito. E esta população pode sofrer danos à saúde mental por não ter sua identidade reconhecida?, diz ainda Irina.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE - Agencia Estado
-----------------------------------------------------------------------
Pois é, enquanto isso faltam remédios para hipertensão e diabetes nos Postos de Saúde, faltam leitos nos hospitais públicos e até bolsas para coleta de sangue. E o Governo Federal distribui - camisinhas e vaselina para os gays usarem...

A notícia recente
é que um dos livros para o Programa Ler e Escrever, do governo deste mesmo Serra, contém cenas de nudez, palavrões, referências a agressões físicas e piadas de duplo sentido que reforçam a banalização do sexo e o emburrecimento de nossas crianças já sufocadas pelas mídias de massa.
(http://www.olibertario.org/2009/05/livros-com-palavroes-e-sexo-sao.html)

O Min. do Meio Ambiente participa da Marcha da Maconha, e o Min da Saúde distribui cartilhas de como usar "corretamente" as drogas.
Acho que o MS podia mudar para MS (?????) Ministério da Saúde para Ministério da Sacanagem.

Já o governo Lula, quer incluir o homossexualismo e a transsexualidade nos livros didáticos. Política que pretendem adotar já em 2011.

Veja a notícia em: http://www.estadao.com.br/

____________________________
Por favor deixe seu comentário.


terça-feira, 9 de junho de 2009

Chamados Segundo o Seu Propósito

John Piper

Romanos 8:28-30

Romanos 8 é um dos capítulos mais sangrentos do Novo Testamento. Veja os versículos 35 e 36:

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro'”.

Porém, sobre esta violenta pintura da vida cristã, Paulo escreve a palavra ESPERANÇA com um grande pincel vermelho. Por exemplo, no verso 37, ele exclama: “Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores”. Não apenas vencedores, mas mais que vencedores! Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada não são apenas vencidos; são mais que vencidos: se tornam servos para nosso bem.

Este é o significado do aclamado versículo 28: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito”. As versões diferem um pouco aqui. A NTLH diz: “Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano” . E a “Revista e Atualizada” diz: ”Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.

Para o meu estudo, estou inclinado a ler a KJV (N.T.: King James Version) como a mais fiel ao palavreado original de Paulo. Mas a diferença não é tão grande que você tenha de aceitar minha palavra para o que digo. Todas as versões significam basicamente que Deus está tão soberanamente no controle do mundo que todas as coisas que acontecem aos cristãos são ordenadas de tal forma que elas servem ao nosso bem. Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada – todas trabalham juntas para o bem dos que amam a Deus.

Então a rude esperança do crente não é que nós escaparemos da angústia ou do perigo, ou fome, ou de um massacre, mas que o Deus Todo-Poderoso fará cada uma de nossas agonias um instrumento de Sua misericórdia para o nosso bem. “Vocês planejaram o mal contra mim”, José disse a seus irmãos que o tinham vendido como escravo, “mas Deus o tornou em bem”. É assim também com toda calamidade que acontece àqueles que amam a Deus. Deus a torna em bem.

Seis quarteirões a oeste daqui, na 7th Street, um alicerce está sendo escavado para um novo prédio. Uma gigante cavadeira mecanizada fica no centro do terreno, arrancando fora toda a sujeira e lançando em caminhões de lixo que a transportam para longe. Observando da borda, eu estimo que o buraco já tem 5 ou 6 andares de profundidade. O que nós podemos inferir disso? Eu deduziria que alguma coisa muito grande será assentada no terreno, já que um alicerce muito profundo está sendo cavado. Quanto maior o prédio, de maior alicerce ele precisará.

Quando se trata da arquitetura de promessas, não existe um prédio maior que Romanos 8:28. A estrutura é absolutamente assombrosa em seu tamanho. É grandiosa. É infinitamente sábio, infinitamente poderoso Deus se comprometer a fazer todas as coisas benéficas para seu povo. Não apenas coisas boas, mas coisas horríveis, como tribulação, angústia, perigo e morte. Que tijolo você colocaria no topo desta promessa arranha-céu para fazê-la mais alta? “Todas as coisas” significa todas as coisas.

Se você vive debaixo desta promessa grandiosa, sua vida é tão sólida quanto uma rocha. Nada pode levá-lo além das paredes de Romanos 8:28. Do lado de fora desta promessa tudo é confusão, ansiedade, medo, incerteza, abrigos inúteis de drogas anestésicas, o chão perigoso de planos de aposentadoria, fraquíssimas forticações de mísseis antibélicos e uma centena de substitutos para Romanos 8:28.

Uma vez que você entra pela porta da grandiosa e inabalável estrutura de Romanos 8:28, tudo muda. O que vem em sua vida é estabilidade, força e liberdade. Você simplesmente não pode ir além disso. A confiança num Deus soberano que governa para nosso bem toda a dor e todo o prazer que iremos experimentar nos dá refúgio, segurança e poder absolutamente incomparáveis em nossas vidas. Nenhuma promessa em todo mundo supera a altura, a largura e o peso de Romanos 8:28.

Conseqüentemente, a base dessa estrutura grandiosa deve ser extraordinariamente profunda e poderosa. É claro que é. E é sobre isto que nossa série de quatro semanas tratará. O versículo 29 começa com “porque”. Isto significa que a base, o alicerce, o fundamento desta grandiosa estrutura em Romanos 8:28 é o que segue. E não deveríamos nos supreender que haja uma fantástica fundação para suportar uma fantástica promessa.

Meu objetivo nestas quatro semanas é guiar você através da fundação da promessa de Romanos 8:28. Minha oração é que sua confiança nesta promessa cresça e que estabilidade, força, liberdade, esperança e alegria renovadas em sua vida sejam provas vivas para o mundo de que nosso Deus reina. A fé vem pelo ouvir e o ouvir pela Palavra de Deus. Nós lutamos para nossa fé ser cada vez mais forte. Conseqüentemente, isto nos leva a dar atenção verdadeira à Palavra de Deus.

Então, eu entendo que o versículo 28 contém uma promessa (todas as coisas cooperam para o bem) e duas descrições dos beneficiados por ela (aqueles que amam a Deus e aqueles que são chamados segundo Seu propósito). Ao descrever os beneficiados pela promessa, Paulo nos dá uma pequena prévia do profundo alicerce que ele desenvolverá nos versículos 29 e 30.

Especialmente quando ele diz que os beneficiados são os “chamados segundo o propósito de Deus”, Paulo aponta para os versos 29 e 30 mais adiante. O versículo 29 é uma explicação do “propósito de Deus” (“Porque os que conheceu de antemão, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos”). E o versículo 30 desenvolve as implicações do “chamados” no versículo 28 (“aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou”).

Então meu plano é devotar a mensagem desta manhã a Romanos 8:28 e sua fundação resumida, e à noite me dedicarei às lições do versículo 29. Nas três semanas seguintes, manhã e noite, no versículo 30.

A questão que nós abrimos no versículo 28 é: Quem são os beneficiados por esta promessa grandiosa? Quem pode ter certeza de que todas as dores em sua vida são realmente uma sábia e boa terapia de um Deus soberano para trazer o bem?

Paulo dá duas respostas. Ou ele descreve de dois modos uma única resposta. Ele define os beneficiados da promessa primeiro pelo que eles fazem em favor de Deus, e segundo pelo que Deus fez em favor deles. Os beneficiados pela promessa são as pessoas que amam a Deus. Este é o primeiro e grande mandamento, que você ame o Senhor, seu Deus. Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam.

Então, em segundo lugar, Paulo descreve os beneficiados pela promessa como “aqueles que são chamados segundo Seu propósito”. Qual o sentido de dizer que, além de amarem ao Senhor, estas pessoas também são “chamadas segundo o propósito de Deus”? Para responder esta questão, vamos analisar duas passagens em que Paulo cita o chamado de Deus e duas em que ele refere-se ao propósito de Deus.

A pista mais próxima sobre o significado dos “chamados” no verso 28 é o verso 30, em que Paulo diz: “aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou”. O que aprendemos neste verso é que Deus justifica todo aquele que Ele chama. Ele os perdoa. Ele esquece suas dívidas. Ele os trata como retos. Eles são Seus filhos. “Aos que chamou, a estes também justificou”.

Isto significa que o chamado referido aqui não é o chamado geral que se dá a todo homem pela pregação do evangelho. Se fosse assim, todo aquele que ouvisse o evangelho seria justificado. Porque o verso 30 diz “aos que chamou, a estes também justificou”. Se todo mundo que ouve Billy Graham os chamando para Cristo pela televisão é “chamado”, no sentido de Romanos 8:30, então todos também estão justificados. Mas Paulo claramente ensina que nem todos os chamados no sentido geral são justificados. “Nós somos justificados pela fé!” (Romanos 5:1). Nem todo aquele que é chamado no sentido geral tem fé e, conseqüentemente, nem todos são justificados. Mais ainda, Paulo diz “aqueles que são chamados SÃO justificados”.

Paulo nos explica isto em 1 Coríntios 1:23-24: “ 23 Nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos, 24 mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, Cristo, poder de Deus, é sabedoria de Deus”. Observe cuidadosamente que Paulo prega Cristo para os judeus e para os gentios sem discriminação. Neste sentido, todos são chamados. Mas este não é o sentido que Paulo usa para a palavra. Ele diz que entre aqueles que ouviram o chamado geral, existem aqueles que são os “chamados”. E a diferença é que aqueles que são chamados no sentido deste trecho param de considerar Cristo como um escândalo ou loucura. Em lugar disso, eles o consideram o poder de Deus e a sabedoria de Deus. Verso 24: mas para os que são chamados, tanto judeus quanto gregos, Cristo se torna poder de Deus e sabedoria de Deus.

Portanto, Paulo ensina que, quando o evangelho é pregado, Deus chama alguns tão poderosamente que seus corações e mentes são mudados em relação a Jesus Cristo, e eles O abraçam em fé e amor. Por isso Paulo pode dizer em Romanos 8:30 que “aqueles que são chamados são justificados”, ainda que a justificação só venha pela fé – o chamado de Deus produz fé; abre os olhos dos cegos para que possam ver que Jesus é sabedoria e poder de Deus.

O chamado de Deus que Paulo tem em mente não é como chamar um cachorro: “Aqui, Rex! Aqui! Vem cá, garoto!”. Rex pode ou não vir. O chamado de Deus é como o chamado de Jesus para o cadáver de Lázaro: “Lázaro, vem para fora!”. O chamado contém o poder de produzir o que ele ordena. É um chamado eficaz. Por isso Paulo pode dizer em Romanos 8:30 que todos “que chamou, também justificou”. A certeza de sua justificação está no fato de que a fé pela qual os homens são justificados é produzida pelo chamado eficaz de Deus.

Assim, quando Romanos 8:28 diz “Todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo seu propósito”, isto quer dizer que os beneficiados desta promessa grandiosa são aqueles que uma vez não amavam a Deus, mas agora amam. E o fazem porque, de forma eficaz, o Deus os chamou das trevas para a luz, da descrença para fé, da morte para a vida, e plantou em seus corações amor por Ele. O chamado eficaz de Deus é o novo cumprimento completo da aliança de Deuteronômio 30:6 – “Também o Senhor teu Deus circuncidará o teu coração, e o coração de tua descendência, a fim de que ames ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma, para que vivas”.

A razão pela qual os beneficiados de Romanos 8:28 podem ter certeza de que Deus certamente irá cumprir sua promessa a eles é que o próprio Senhor os chamou irresistivelmente para sua aliança e os capacitou para cumprí-la. Uma coisa é Deus enviar uma mala-direta endereçada “a quem possa interessar” convidando todos para o banquete em que todas as coisas cooperam para o bem. Mas outra, totalmente diferente, seria se Deus dirigisse até sua porta, caminhasse, pegasse você, lhe colocasse no carro, dirigisse até o banquete de Romanos 8:28, desse vestes de amor apropriadas para o jantar e assenta



 
DESAPARECIDOS: Clique aqui e coloque no seu Blog!